quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Boas Festas avaianos do mundo todo

Dia memorável

Meu muito obrigado aos avaianos presentes no Estadio do Café, dia 19 de novembro, dia da Bandeira e do acesso do Avai a Serie A 2017.

Time de Monstrão e torcida Fanática
 Obrigado aos amigos avaianos, o Argentino Ariel Pranteda, de Londrina, Ricardo Steil Nobre, o Inglês Fanático pelo Avai desde 1995, my friend, supporter, Avai's great game partner out of Santa Catarina, David e o amigão parceiro de papos e grandes jornadas avaianas, o praticamente sócio do blog, Antonio Coelho.

Reveja o gol de Diego Jardel na vitoria do Avai por 1 a 0 contra o Londrina na narração do melhor narrador de futebol de Santa Catarina. O emocionante, o inigualável, gente da  melhor qualidade, o grande Salles Junior (CBN).

Obrigado a todos os torcedores presentes no estadio da Ressacada e pelo Brasil afora e aqueles que de longe torceram pelo Avai, como Italiano, professor Visioli.

Boas Festas, Feliz Ano Novo e ano que vem estaremos juntos ao lado do Avai.
Um grande abraço!

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Cozinhar é uma boa brincadeira

Esses são os pratos da semana. E ai voce vão me perguntar? Cadê prato da quarta-feira? Quarta almocei fora. E no sabádo foi essa Moqueca Capixaba ai. O que voces acham. A semana estava ruim? Claro, que não. Cozinhar é uma terapia. Quem cozinha vai ter tempo de se estressar?
Jamais. Então pessoal vão para cozinha desestressar.
Segunda-feira nada com aproveitar as sobras de domingo. Esse é o famoso prato francês, o chamado "misture". Muitos podem fazer cara feia. Mas depois que provam. Aprovam. Ou voce vai dizer que nunca comeu comida de outro dia? Gente tem coisa mais gostosa que em plena terça-feira comer uma ostra ao bafo. Sim. Mostra para mim tem que ser ao natural ou no bafo. Sem essa de botar creme e queijo. Isso tirar o sabor do mar.

Ao pessoal que foi ao litoral de santa Catarina e nunca comeu uma tainha lamento dizer: é como ir a Roma e não ver o Papa. Peixe pouco valorizado la na sua origem, o Uruguai, por ser um peixe que come de tudo. Ao procurar o litoral Catarinense para procriar, chegam de alto mar limpinha e com um sabor inigualável. Assada na brasa como essa ai, É de lamber os beços.

Bom, sei que esse prato vai deixar muita gente de agua na boca. Fechei a semana, com um Salmão Chileno acompanha de uma Lagosta. Ambos feitos na chapa com manteiga.
Então que venha o verão. Estação do sol e muitos frutos do mar fresquinhos. Em uma boa companhia e bons vinhos, isso é bom demais.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Um Viagem As Minas Gerais

Alma e Lama
O que era um sonho virou realidade. O que era uma promessa do mineiro Léo Rezende em mostrar sua cidade virou um encontro histórico em cidades históricas de Minas Gerais.

Amizade nunca sai de moda
Além do amor que temos pelo Avaí, nosso grupo possui muitas afinidades e companheirismos. Nessa viagem teve de tudo. Beber em boteco do rival, assistir o Avaí no Independência, encontro como meu amigo David, o Inglês fanático pelo Avaí no estádio, Antônio Coelho dando uma palhinha no Bar, comer pão de Minas com linguiça da fazenda, viagem de trem, visitas a museus, feiras, igrejas históricas como a Nossa Senhora da Conceição feita pelo pai de Aleijadinho, olhar sobre o Solar dos Neves, tumulo de Tancredo Neves e Mineirão.
30 dias em 3
Um viagem fantástica com belas fazendas como a fazenda do pai do amigo Leo e pousadas tão aconchegantes quanto a pousada de sua irmã.  A POUSADA FLOR DE IRIS é belíssima, de um verde impressionante, ao pé da serra. Grande parte da paisagem ainda virgem. Cenário ideal para quem quer ter uns dias repousantes.
Habemus Cerveja!
Não uma simples cerveja, mas uma gostosa cerveja artesanal de Ouro Preto. Por ser uma cidade tão religiosa é de comer e beber rezando.
Na estrada na boleia de um Spin (Chevrolet) sobre o volante o motorista da rodada, nosso amigo Leo. O qual alugou o veiculo e ficou dirigindo por Minas Gerais cerca de 800 quilômetros e durante o trajeto só bebeu cerveja sem álcool ( oh coitado!). Claro, em Tiradentes descontou essa secura em doses cavalar. Não o tipo de raça equina Campolina de Cassiano Campolina o selecionador dessa raça de cavalo e parente de nosso amigo, mas no sentido figurado. Botou o pé na jaca.
                                                         
Agregando informação além de simples registros
Tiradentes me encantou. Uma cidade onde todos deveriam conhecer. Onde se pratica o turismo do bem. Cidade limpa, ordeira que mantem seus casarios históricos e não se vê mendigos, vagabundos e craqueiros. La é possível andar pelas madrugadas sem ser importunado, deixar carteiras sobre as mesas, desfilar com joias e relógios de luxo na maior tranquilidade. Tudo isso sem ver um policial pelas ruas. Digamos uma cidade oposta a tudo que hoje é Florianópolis e que encontrei um pouco de semelhança com São Francisco do Sul. Onde estive recentemente e sai maravilhado.
A arte de viajar ou uma viagem sobre a arte e a historia do Brasil? Não sei. So sei que conhecer as obras daquele que é considerado o maior escultor de obras sacras no Brasil, o Aleijadinho é um espetáculo.
Momentos intensos não da para serem totalmente relatados e mostrados nesse espaço, por isso quem quiser use sua imaginação e aproveitem para ver os demais registros dessa viagem fascinante, clicando AQUI.


Participantes dessa viagem:
Aurélio Faria da Rocha - Coordenador do evento ( logística de terra e ar)
Leonardo Rezende, motorista da viagem e coordenador do evento ( logística de terra e ar)
Antônio Coelho – Idealizador do evento e responsável pelo chekin da turma
Sergio Junior – Idealizador do evento e fotografo
Hermes Guedes – Professor, historiador e fotografo auxiliar.
Thiago Faria da Rocha – Aventureiro, parceiro de caminhadas e corneteiro

Agradecimento especial as belas avaianas que encontramos no aeroporto Hercílio Luz e as aeromoças da Companhia Azul que deram beleza a nossas fotos, a família do Léo pela bela recepção e a todas as mineiras e mineiros.

Obrigado a todos! Eta trem bão!